Juiz do TSE nega direito de resposta a Bolsonaro contra Haddad por propaganda na TV - Saiba Já! Jornal Online

Publicidade


Post Top Ad

Juiz do TSE nega direito de resposta a Bolsonaro contra Haddad por propaganda na TV

Share This
Resultado de imagem para haddar violenciaResultado de imagem para haddar violencia
Em sua decisão, o juiz Banhos afirmou que a propaganda do PT "expõe acontecimento amplamente divulgado pela mídia nacional", e que, embora possa causar repercussões na disputa eleitoral, traduz fatos, imagens e falas reais.

"Com efeito, a divulgação do posicionamento político do candidato no exercício do mandato parlamentar – especificamente quando da votação da "PEC das domésticas" – é de suma importância para a formação da opinião do eleitor. Não se pode, portanto, vedar a divulgação da informação por aquele que a detém, ao fundamento de que, oportunamente, ela pode prejudicar o candidato na disputa eleitoral"


Ministro Sergio Banhos, do TSE

Banhos disse ainda não ter encontrado elementos de montagem e trucagem na propaganda. O juiz também apontou não haver a divulgação de fatos "sabidamente inverídicos" ou de "ofensas capazes de desequilibrar a disputa eleitoral" no vídeo.


O ministro determinou o prazo de um dia para que as defesas das campanhas de Haddad e de Bolsonaro se manifestem. Em seguida, o MPE (Ministério Público Eleitoral) também terá o prazo de um dia para apresentar sua manifestação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad